top of page

PIANC e ABTP firmam parceria para desenvolver a infraestrutura portuária no Brasil

O presidente da Seção Nacional da PIANC (Associação Mundial para Infraestrutura de Transporte Aquaviário), Luiz Fernando Garcia da Silva, e o diretor-presidente da ABTP (Associação Brasileira dos Terminais Portuários), Jesualdo Conceição Silva, celebraram nesta terça-feira (27) uma parceria com o objetivo de promover a colaboração para o avanço da infraestrutura portuária.


A abertura de diálogo entre as associações também contou com a articulação da diretora-executiva e de Relações Institucionais da ABTP, Cláudia Borges.

Esse passo é de suma importância para impulsionar as discussões e iniciativas voltadas ao avanço da infraestrutura portuária e hidroviária nos próximos anos. Ao unirem esforços e recursos, a PIANC e a ABTP estarão ainda mais comprometidas com o desenvolvimento e aprimoramento dessas áreas, visando não apenas o crescimento econômico, mas também a sustentabilidade e eficiência dos sistemas portuários e hidroviários.


A ABTP, sediada em Brasília e sob o comando de Jesualdo Conceição Silva, é a maior entidade empresarial do setor portuário nacional, representando 88 associadas e 240 instalações portuárias, sendo 132 arrendamentos, 91 TUPs e 17 estações de transbordo de carga.

Enquanto isso, a PIANC, agrega membros em 66 países, incluindo 44 membros qualificados, cerca de 500 membros corporativos e quase 1.800 membros individuais.


PIANC no Brasil

A PIANC é uma organização científica internacional, sem fins lucrativos ou políticos, que reúne membros de governos, corporações e empresas privadas. Fundada em 1885, sua missão é oferecer orientação e consultoria técnica tanto em países desenvolvidos quanto em desenvolvimento.

Em 2007, a ANTAQ conquistou a condição de membro qualificado da PIANC, o que não só lhe conferiu o direito de representar o Brasil, mas também de exercer o direito a voto na Assembleia Geral Anual (AGA) da associação, além da possibilidade de participar das reuniões dos comitês técnicos e grupos de trabalho.

Em 2022, à medida que as discussões avançavam, a ANTAQ e a ABEPH (Associação Brasileira das Entidades Portuárias e Hidroviárias) assinaram um Memorando de Entendimento com a PIANC para formalizar a fundação de uma Seção Nacional da Associação no Brasil. Com a consolidação da presença da PIANC no país, Luiz Fernando Garcia, presidente da ABEPH, assumiu também a presidência da PIANC no Brasil.

As Seções Nacionais (SNs) da PIANC desempenham um papel crucial como ponte entre os membros qualificados da Associação em um país específico e a sede da organização em Bruxelas. Como tal, cabe a uma SN servir como intermediária entre os órgãos gerenciais e técnicos da PIANC e os membros corporativos e individuais em suas respectivas nações.

21 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page